terça-feira, 10 de março de 2015

Instituto Geológico realiza vistorias em áreas de escorregamentos no Estado

 Atendimento em Eldorado
 Atendimento em Santana do Parnaíba
Croqui esquemático da ocorrência em Santana do Parnaíba

No dia 07/03/2015 uma equipe do Instituto Geológico (IG) formada pela geógrafa Rosangela do Amaral (IG), e pelo geólogo Vital Yuiti Assano (Pangea) realizaram vistoria em área de escorregamento no município de Eldorado, Vale do Ribeira, por solicitação da Coordenadoria Estadual de Defesa Civil (CEDEC) após colapso de edificações ocorridos no dia anterior.

O município de Eldorado registrou 165,4 mm de chuva no acumulado de 3 dias (65,4 mm superior ao parâmetro operacional de referência do Plano Preventivo de Defesa Civil – PPDC que é de 100 mm em 72 horas). Em decorrência do aumento da suscetibilidade do solo, um escorregamento atingiu um cômodo de uma residência na Rua Um. Foram avaliadas 8 casas, das quais 3 apresentaram risco iminente de ser atingidas por novos escorregamentos ou pela movimentação do material já mobilizado. As demais casas devem ser monitoradas até o final do período chuvoso.

Já no dia 08/03/2015 a mesma equipe realizou vistoria também no Santana do Parnaíba, Região Metropolitana de São Paulo, acompanhados pela CEDEC. No Bairro Jardim São Luís ocorreu um escorregamento que atingiu uma residência, ocasionando o desmoronamento parcial do imóvel, resultando em 3 vítimas fatais. Várias casas no topo e base do talude foram ameaçadas e tiveram suas estruturas comprometidas. No total o IG vistoriou 11 moradias em risco nas ruas Suécia e Uruguai.